Por que o Ovo é Considerado uma Super Comida?

Por que o Ovo é Considerado uma Super Comida?

Aqui esta um presente para você – acesse a comunidade exclusiva para receber 1 idéia surpreendente para Perder Peso e Ter Energia toda semana por email….

Poucas comidas no mundo conseguem atingir um patamar na nutrição para serem chamadas de super comidas.

É interessante notar que a maioria das super comidas na nutrição atual já um dia foram injustamente demonizadas por suas características, e então consideradas danosas à saúde humana.

Existem alguns bons exemplos de comidas que um dia foram consideradas horríveis para nossa saúde, e que atualmente possuem um espaço especial em tabelas nutricionais. Dentre algumas essas comidas temos o queijo, carne não processada e até mesmo o famoso óleo de coco.

Provavelmente, o que sofreu mais mudanças na suas indicações no mundo da nutrição, tanto com falsas notícias como com pesquisas concretas, e possui ainda um fluxo de informação sobre seus dados nutricionais imenso com testes sendo feitos semanalmente por todo o mundo é o ovo.

Se pesquisar pouco, e não precisa ir tão longe no passado assim, até mesmo nesse ano você conseguirá achar notícias dos males que o consumo de ovos poderá causar a você. Mas, o que transformou a tamanha fama de um alimento tão danoso e o tornou atualmente na nutrição uma das mais populares super comidas? Veremos mais detalhes abaixo.

A famosa imensa quantia de colesterol

Todo mundo, alguma vez na vida já ouviu que o ovo poderia trazer diversos problemas para o nosso corpo por conter imensas quantias de colesterol, seu consumo podendo até mesmo levar a problemas cardíacos.

Esse problema era normalmente relacionado a seu alto teor de colesterol.

E essa quantia de colesterol em um ovo caipira realmente não é pequena: ele possui 212 mg de colesterol, o que é muito comparado a maioria das outras comidas.

Porém, estudos comprovaram que o colesterol presente nos ovos não afeta negativamente os níveis de colesterol no seu sangue.

Pelo contrário, na realidade, o consumo de ovos aumenta o colesterol HDL, conhecido por ser o colesterol bom.

Como se já não bastasse, ele também tem a capacidade de transformar o colesterol LDL de moléculas pequenas e densas, que é danoso à saúde, a um colesterol LDL de moléculas grandes, que é benigno a saúde e necessário ao corpo.

Por fim, nenhum estudo conclusivo foi feito levando a crer que o consumo de ovos realmente poderia causar problemas cardíacos, e o excesso do colesterol não foi associado a outros problemas.

Enquanto isso, diversos estudos comprovam que  na conversão do colesterol LDL de moléculas pequenas para grandes, ele diminui consideravelmente o risco de possíveis doenças cardíacas e infarto.

Ou seja, o risco para saúde de se ter problemas cardíacos é diminuído pelo colesterol do ovo, não aumentado.

Ovos são ricos em antioxidantes únicos

Os ovos são ricos em dois antioxidantes poderosos, a luteína e a zeaxantina. Esses dois antioxidantes são essenciais para a saúde do seu globo ocular, o protegendo de doenças degenerativas e até mesmo da catarata.

O consumo de no mínimo 4 ovos por semana é recomendado para qualquer pessoa que esteja com deficiência de luteína e zeaxantina. Essa deficiência é facilmente reparada com essa quantia de consumo de ovos, e os níveis desses nutrientes logo se normalizarão no sangue.

Os ovos são um dos alimentos mais nutricionalmente densos do planeta

Dentro de um ovo existem quantias bem concentradas de nutrientes e elementos necessários para se crescer um filhote de galinha. Assim, ovos estão repletos de proteínas, minerais, vitaminas e gorduras das mais diversas variedades, porém da melhor qualidade, além de uma ótima quantia de gordura.

Em um único ovo de tamanho grande, você consegue um valor nutricional de cerca de 77 calorias, acompanhado de 5 gramas de gorduras, 6 gramas de proteínas e todos os 9 aminoácidos essenciais ao nosso corpo.

Além disso, ovos são ricos em fósforo, selênio, ferro, e dentre diversas outras vitaminas, você consegue encontrar imensas quantias das vitaminas A, B2, B5 e B12.

Porque o Ovo é Considerado uma Super Comida

Um ovo contém cerca de 113 mg de colina, um dos nutrientes mais importantes para a saúde do seu cérebro e fígado. Alguns estudos indicam que existe um grande déficit desse nutriente em diversas culturas por todo o mundo.

Quando for consumir o ovo, tenha certeza de sempre consumir a gema, que é onde a maior densidade nutricional se encontra. Não dispense a clara também, pois alguns nutrientes importantes também estão nela.

Em alguns casos, é comum até se comer a casca do ovo. Ela é usada em alguns remédios para tratar falta de cálcio no sangue, só não é muito fácil de ser comida por ser extremamente dura.

Ovos de satisfazem e te ajudam a emagrecer

Ovos são capazes de proporcionar uma imensa saciedade, permitindo que você coma em menores quantias, e não perdendo valor nutricional no processo já que um ovo é tão rico em nutrientes.

Além disso, ovos possuem quantias ridiculamente baixas de carboidratos, o que não influencia em nada os níveis de açúcar em seu sangue, sendo assim totalmente seguro para o consumo em sua dieta.

Um estudo foi feito com 30 mulheres que estavam acima do peso, em que um grupo comeu ovos para o café da manhã enquanto o outro grupo comeu somente pão. O grupo que comeu ovos ingeriu uma quantidade significativamente menor de comida durante o almoço e pelas próximas 36 horas.

Ovos com ômega-3 diminuem triglicerídeos

Ovos possuem diferentes composições de acordo com como a galinha que os botou vivia e principalmente o que ela consumia. Ou seja, no fim nenhum ovo chega a ser realmente igual a outros.

Ovos de galinhas que cresceram em meios mais livres, ou alimentadas com grãos enriquecidos em ômega-3 tendem a botar ovos muito ricos em quantias de ômega-3

O ômega-3 é um dos nutrientes que possui a capacidade de diminuir os níveis de triglicerídeos no sangue, um dos maiores causadores de doenças cardíacas.

O consumo de ovos enriquecidos em ômega-3 é uma das formas mais efetivas de se baixar as quantidades de triglicerídeos no sangue, e com somente o consumo diário de ovos por três semanas, uma pessoa consegue diminuir em cerca de 18 % a quantidade de triglicerídeos.

Os aminoácidos essenciais

O corpo humano usa ao todo 21 aminoácidos essenciais para construir as proteínas necessárias para nosso corpo. Porém, o corpo é incapaz de produzir 9 desses aminoácidos essenciais, e devem ser somente adquiridos na alimentação. O ovo convenientemente é o único alimento que possui os 9 aminoácidos que o corpo não consegue produzir.

Gostou? Compartilhe com os seus amigos, para que eles cuidem de seus bem-estar também!

 

Quer Mais Idéias Para Emagrecer?

Recomendados para você