9 Jeitos Comprovados de Controlar Seus Hormônios Para Perder Peso

9 Jeitos Comprovados de Controlar Seus Hormônios Para Perder Peso

Aqui esta um presente para você – acesse a comunidade exclusiva para receber 1 Idéia Surpreendente para Perder Peso e Ter Energia toda semana por email….

A perda de peso é uma luta diária de milhares de pessoas por todo o mundo. O mercado atualmente é repleto de diferentes dietas, bebidas, comidas, remédios naturais e artificiais e tudo que se pode imaginar para auxiliar essa busca das pessoas.

Na realidade, são tantas as opções de comidas que muitas pessoas ficam perdidas em onde começar a corrida para perda de peso.

Com essa linha de pensamento, foi definido que muitas pessoas que tem dificuldades de perda de peso sofriam também de desequilíbrio hormonal por consequência do excesso de gordura. Basicamente o sobrepeso cria inflamações que oxidam o estresse no corpo, promovendo ainda mais acumulo de gordura.

Isso cria então um gigantesco ciclo vicioso de desequilíbrio hormonal, sintomas e doenças que podem afetar bastante sua saúde. Muitos médicos afirmam que então o segredo de melhorar sua qualidade de vida e começar a perder peso é reverter esse ciclo de desequilíbrio hormonal, que por consequência acaba por diminuir desejos e também sua retenção de gordura.

Assim como nossos metabolismos não são iguais, as calorias também são completamente diferentes. Algumas calorias são convertidas em gordura lipídica no corpo, enquanto outras fortalecem músculos e auxiliam na queima de gordura.

Aqui vamos te mostrar as melhores estratégias para reiniciar o controle dos seus hormônios e eliminar a gordura.

1. Pratique Exercícios de HIIT

Exercícios HIIT (High Intensity interval training, traduzido para exercícios intervalados de alta intensidade), são basicamente exercícios de altíssima intensidade executados em um período curto e intervalado. Basicamente, pode ser até mesmo 30 segundos de exercícios seguidos de pausas de 20 segundos por exemplo.

Esses exercícios focam no desenvolvimento muscular e queima de gordura, e justamente por isso são ótimos para regular novamente os hormônios do corpo em um curto período de tempo.

2. Coma proteínas

O segredo de um bom e rápido emagrecimento é basicamente o que você come. Comer muitos carboidratos vai te fazer certamente engordar, causar um distúrbio nos seus hormônios. Para sobrepor esse problema sem passar problemas na alimentação, troque carboidratos na sua dieta por proteínas animais e vegetais.

Entenda aqui como funciona a dieta low-carb e cetogenica.

3. Esqueça do Álcool

Você não imagina quantas calorias bebidas alcóolicas costumam ter. Com exceção de específicos vinhos, as bebidas alcóolicas se baseiam na fermentação do amido para resultar no álcool, e justamente por isso possuem imensas quantias de carboidratos.

Além disso, bebidas são mais facilmente absorvidas pelo corpo, e justamente por isso podem causar distúrbios hormonais com maior facilidade. Ou seja, abandone o álcool na sua busca para acabar com seu sobrepeso.

4. Remova glúten e laticínios da sua dieta

Intolerâncias alimentares vem em diversas formas e para diversos tipos de alimentos, mas as principais composições que afetam pessoas por todo o mundo possuem glúten ou laticínios, quando não ambos.

Glúten é a substância que dá a massas e pães a sua consistência, formato e textura, porém o seu consumo não faz nada bem à saúde, causando sobrepeso, além de inflamações pelo corpo e até mesmo desenvolvendo resistência à insulina.

Entenda mais sobre os malefícios do glúten clicando aqui.

Além disso, muitas pessoas são resistentes ao glúten e a laticínios sem nem saber, pois apesar de seus sintomas poderem ser brandos, o consumo prolongado pode certamente afetar seu corpo, e principalmente sua distribuição hormonal.

5. Controle o estresse

9 Jeitos Comprovados de Controlar Seus Hormônios Para Perder Peso

Considerado um dos males do século, o estresse é um dos maiores inimigos para quem deseja perder peso. Quando em seu estado crônico, estresse libera altos níveis de cortisol, que além de causar o acúmulo de gordura em suas células, também danifica suas células musculares. Além disso, o cortisol transfere a gordura de áreas saudáveis do corpo para áreas ruins.

Quando seus níveis de cortisol estão altos demais, seu corpo até mesmo começa a resistir a perda de peso. Seu corpo pensa que os tempos estão difíceis e você poderá passar fome, então ele acumula o máximo de gordura que consegue quando você come qualquer tipo de comida.

Além disso, ele aumenta a gordura visceral do seu corpo, que é a causadora dos maiores problemas no corpo relacionados a gordura, aumentando a inflamação dos seus órgãos e a resistência à insulina, que também dificulta o emagrecimento.

Basicamente, se deseja emagrecer, ter um firme controle do seu nível de estresse, e por consequência nível de cortisol no sangue é essencial.

6. Limite seu consumo de frutose

Frutas são ótimas para a saúde, certo? Não para quem deseja perder peso e controlar seus hormônios. Apesar de todos os benefícios que diversas frutas podem oferecer, a frutose, que é o açúcar presente em frutas, é o mais danoso ao nosso metabolismo.

Basicamente, a frutose não manda a sinapse cerebral que você está satisfeito, fazendo que você continue a consumir, pois você ainda sente a fome, mesmo estando já além de satisfeito.

Além disso, a frutose vai diretamente para o fígado, onde ele cria gordura envolta do órgão e ativa a resistência à insulina e leptina, resultando em inflamações e fígado estressado, além de mais gordura visceral.

Para escapar disso, se ainda deseja incluir frutas na sua dieta, você deverá escapar das frutas mais doces ou cheias de frutose. Suas melhores alternativas então são frutas ácidas como limão e abacaxi, e frutas mais gordurosas como abacate, açaí e cacau.

7. Durma bem

Um bom sono é uma das principais medidas para conseguir regular os hormônios do seu corpo. Cada um funciona de um jeito, mas a média geral é entre 7 horas e 8 horas e meia de sono por dia para controlar os níveis de cortisol e insulina no sangue.

8. Aumente a Adiponectina

A Adiponectina é um hormônio que basicamente resulta em queimas maiores de gordura corporal quanto maiores seus níveis no sangue. O consumo de algumas sementes como a de pistache e abóbora permite que você solte mais desse hormônio.

9. Considere um pequeno jejum

Jejum intermitente funciona tão bem quanto restrição calórica para o propósito de redução da gordura visceral. A sugestão geral é um jejum de 18 horas para homens enquanto para mulheres somente 16 horas. Jejuns são excelentes ferramentas para o controle hormonal do corpo.

Compartilhe logo abaixo para ajudar os seus amigos também…

Quer Mais?

Recomendados para você