5 benefícios Azeite de Oliva para a saúde

5 benefícios Azeite de Oliva para a saúde

A gordura é um dos nutrientes básicos da dieta com maior contradição no mundo da nutrição.

São poucos os nutricionistas que indicam gorduras na dieta, e o tipo de gordura indicado varia bastante entre nutrientes. Porém, mesmo com as milhares de controvérsias no mundo da saúde, são poucos os nutricionistas e médicos que afirmam que não são a favor dos benefícios azeite de oliva na saúde humana.

Algumas das propriedades do azeite de oliva são excelentes para nossa saúde e bem-estar, principalmente quando se fala do azeite de oliva extra virgem. Esses alimentos também são fáceis de serem implementados em qualquer tipo de dieta.

Abaixo vamos listar alguns dos benefícios azeite de oliva para nossa saúde e quais das suas propriedades são melhor aproveitadas.

Azeite de oliva é rico em gorduras monossaturadas

O azeite de oliva é um óleo natural extraído da azeitona, um fruto das árvores chamadas oliveiras. Essas frutas são conhecidas por serem muito ricas em óleos e gorduras. Aproximadamente 25% das gorduras dessas frutas são gorduras saturadas e ácidos fáticos ômega 3 e ômega 6.

Mas o ácido fático mais predominante no extrato das azeitonas é o ácido oleico, que é conhecido por seus efeitos benéficos a saúde. Um dos principais benefícios do azeite de oliva vem do consumo de extremas quantidades desse ácido.

Ácido oleico auxilia na redução de inflamações e tem outros efeitos beneficentes ligados a parar o desenvolvimento do câncer.

As gorduras monossaturadas nos azeites extra virgem são também extremamente resistentes ao calor, fazendo do azeite de oliva extra virgem uma das melhores opções de se cozinhar.

Azeite de oliva é repleto de antioxidantes

Uma das propriedades do azeite de oliva mais nutritivas, principalmente dos extra virgens é a quantia de antioxidantes presentes em sua composição.

Além disso, dentre os benefícios azeite de oliva, também está a absorção de vitamina E e vitamina K, que não são tão facilmente encontradas em outros alimentos.

Os antioxidantes presentes no azeite de oliva são biologicamente ativos e podem auxiliar no combate de doenças mais sérias e complicadas para nosso corpo. Os antioxidantes reduzem as inflamações das nossas veias e artérias, aumentando a oxigenação do corpo e auxiliando na prevenção de doenças do coração e relacionadas a condições no coração.

Azeite de oliva previne a inflamação crônica

A inflamação crônica não é somente um sintoma, como também é conectado a causa de diversas doenças no corpo humano. Dentre as principais doenças causadas pela inflamação crônica estão o câncer, diabetes, obesidade, artrite e até o Alzheimer.

A redução de inflamações é uma das principais propriedades do azeite de oliva, e pode prevenir todas as doenças mencionadas acima.

Um dos principais princípios anti-inflamatórios do azeite é o oleocantol, onde pesquisas demonstram ter efeitos similares a ibuprofeno, droga anti-inflamatória poderosa e usada em quase todo o mundo.

5 benefícios do Azeite de Oliva

Alguns cientistas afirmam que 50ml (cerca de 3 colheres de sopa e meia) de azeite de oliva extra virgem tem propriedades semelhantes a cerca de 10 % da dosagem de ibuprofeno para adultos, porém sem os possíveis efeitos negativos associados ao consumo da droga.

Outros estudos mais recentes estão também ligando o ácido oleico, o ácido fático principal no azeite de oliva, a significantes reduções de inflamações no corpo. Esse óleo é poderoso por também inibir genes e proteínas que podem levar o corpo a causar níveis variados de inflamações como reação adversa.

Azeite de oliva pode prevenir derrames

Um derrame é causado pelo distúrbio do fluxo sanguíneo que constantemente percorre o cérebro, podendo ser causado por sangramentos ou coagulação do sangue.

Até mesmo nas nações mais desenvolvidas, o derrame cerebral é uma das principais causas de morte no mundo todo, seguido somente por doenças cardíacas.

A relação entre o azeite de oliva e o risco de derrame já foi muito estudado no mundo todo, e foi descoberto que o azeite de oliva é a única fonte de gordura monossaturada associada a redução do risco de derrames e ataques cardíacos.

Essas descobertas foram feitas em duas extensivas pesquisas, a primeira com cerca de 841 mil pacientes, e a outra com somente 140 mil pacientes. Em ambas as pesquisas foi constatado um risco muito menor de derrame nos pacientes que consumiam com uma certa constância azeite de oliva.

Previne o maior causador de mortes no mundo todo

Um dos benefícios azeite de oliva em uma alimentação constante diária é a prevenção da principal causa de morte no mundo todo: doenças cardíacas.

Estudos apontaram que doenças cardíacas eram mais raras décadas atrás em áreas próximas ao mar mediterrâneo. Isso levou a uma extensiva pesquisa sobre as dietas nas proximidades do mar mediterrâneo na tentativa de identificar possíveis prevenções e tratamentos para um dos maiores problemas do século.

Dentre outros fatores, o principal fator em comum em todas as dietas do mar mediterrâneo era o extenso e constante consumo de azeite de oliva extra virgem, o que levou a diversas pesquisas com a possibilidade do azeite de oliva prevenir doenças cardíacas.

Foi então descoberto que uma das principais causas de doenças cardíacas é a inflamação dos vasos sanguíneos, e as propriedades do azeite de oliva previnem e tratam a inflamação

Além disso, o azeite de oliva extra virgem protege o colesterol LDL do processo de oxidação, o que auxilia na circulação do sangue, oxigenação do seu corpo e indesejadas e desnecessárias coagulações do sangue.

O azeite de oliva também aparentemente diminui a pressão sanguínea, um dos principais fatores para a causa de doenças cardíacas e a morte prematura. Estudos comprovam que o consumo diário do azeite de oliva diminui a necessidade de medicamentos para pressão sanguínea em até 48%.

Se você tem histórico de doenças cardíacas, o consumo de azeite de oliva extra virgem pode ser muito bom para poder prevenir qualquer tipo de problema relacionado a doenças do coração. Considere colocar azeite de oliva extra virgem em sua dieta para facilmente prevenir doenças cardíacas. O consumo diário é muito simples, apenas um fio de azeite é o suficiente.

Referências [1],[2],[3] e [4]

A Palavra Final

Muita gente acha que consumir azeite de oliva causa ganho de peso.

E isso é uma tremenda bobagem, a mesma bobagem criada sobre o óleo de coco e manteiga.

Pela riqueza em anti-oxidantes o consumo diário de azeite tem mostrado ser eficaz na perda de peso.

Apenas tenha certeza de consumir o azeite EXTRA virgem, este é o mais rico e com mais alto teor de componentes benéficos para sua saúde.

Compartilhe este artigo para informar os seus amigos 🙂

 

Recomendados para você