Abacate Emagrece ou Engorda?

Abacate Emagrece ou Engorda?

Quando uma pessoa pergunta sobre os benefícios do abacate, sempre existe alguém pra dizer que o alimento na verdade é muito gorduroso e não deve ser consumido regularmente.

Alguns até afirmam que se possível o alimento deve ser tirado da dieta por que o abacate engorda. Mas, essa afirmação é realmente correta?

Existe um equivoco na concepção de quem pensa dessa forma. 70% das calorias contidas na fruta são referentes a gorduras, mas mesmo assim não é certo afirmar que o abacate engorda. Por mais que isso pareça um tanto contraditório, mesmo com essa quantidade de gordura, o abacate realmente não engorda.

As pessoas costumam ficar muito surpresas quando descobrem que a fruta não é essa bomba calórica que tanto dizem. Mas, essa afirmação errada se dá pela também equivocada compreensão de muitos que não entendem muito bem a relação entre o ganho de peso e a quantidade de gordura consumida.

Muito pelo contrário do que a maioria das pessoas acredita, essa tal “gordura” alimentar tão famosa no abacate não é responsável pelo ganho de peso das pessoas.

Muitas pessoas foram responsáveis por difundir a ideia de que alimentos como manteiga pura, abacate e nozes, são alimentos prejudiciais e que farão com que engordem.

Diferente do que é tido como senso comum, alimentos processados e ricos em carboidratos, como o arroz, a farinha branca, o açúcar refinado e outros tão populares e facilmente encontrados sobre as mesas dos brasileiros, têm mais chance de fazer com que uma determinada pessoa engorde do que os com gordura naturais.

Todos nós sabemos que a gordura não é somente esse monstro que aprendemos durante a nossa vida.

O problema é o consumo em grande quantidade dessa gordura que pode levar a más consequências. Mas, a gordura, assim como tudo o que consumimos, também faz um papel fundamental para o funcionamento pleno do corpo humano.

As diversas gorduras encontradas nos alimentos, como a saturada, poli-insaturadas naturais e monoinsaturadas fazem um papel importante em conjunto com os hormônios de nosso corpo.

Logo, se houver deficiência no consumo de gorduras, o corpo sentirá o baque e encontrará problemas em seu funcionamento. Podendo levar à sérios problemas.

Portanto, diferentemente do que a maioria das pessoas pensa que o abacate engorda, ele é um alimento fundamental, uma rica fonte de gorduras monoinsaturadas e proteínas.

E os que conhecem bem o alimento e como ele pode ajudar, usam o abacate para emagrecer.

O abacate emagrece

Para esclarecer as dúvidas das pessoas que acreditam que o alimento engorda, existem alguns fatores relevantes que só mostram que o abacate emagrece.

Como já foi dito anteriormente, os abacates são muito ricos em gorduras positivas, as monoinsaturadas. Essa gordura é extremamente saudável e ajuda na qualidade de vida das pessoas. Ela faz com que os níveis do colesterol LDL (que é conhecido como o colesterol ruim) sejam reduzidos.

Os alimentos que carregam uma porcentagem elevada de gorduras naturais não induzem ao ganho de peso como os processados ou não naturais. As gorduras que são encontradas no abacate são muito necessárias para a vida do ser humano.

Outro aspecto que faz com que o alimento emagreça é que, após consumi-lo, as pessoas se sentem saciadas, cheias, e não querem mais comer. Dificilmente alguém consegue comer muito abacate. Isso acontece devido a sua composição, suas vitaminas e nutrientes. Um alimento muito completo.

Existem diversos alimentos mais leves e que fazem com que as pessoas ganhem muito peso. Diferente do abacate.

As pessoas costumam usar o abacate para emagrecer  porque, após inúmeros estudos desenvolvidos, já se sabe que o alimento tem calorias e gordura suficiente para manter o corpo nutrido, mas não ocasiona um ganho de peso em excesso.

E o abacate emagrece por uma característica essencial contida no alimento.

A fruta rica em gorduras monoinsaturadas ajuda o corpo absorver outros nutrientes fundamentais de origem vegetal que estão presentes em outras frutas, legumes e vegetais em geral. Dessa forma, o abacate ajuda no funcionamento do metabolismo.

Um metabolismo em pleno funcionamento faz com que outras atividades cotidianas e importantes, tanto para a saúde quanto para a perda de peso, sejam mais bem absorvidas no nosso dia a dia.

Então, somado a noites bem dormidas, a hidratação, a boa alimentação e as atividades físicas, farão com que a qualidade de vida das pessoas dê um salto importante.

Abacate Emagrece ou Engorda

Quanto a saciedade que o alimento promove, ela se torna um grande aliado de quem deseja respeitar uma dieta, mas não tem sucesso ou tendo facilidade de seguir as regras de forma rígida.

Se você comer uma porção da fruta, tempo antes de uma refeição, certamente, você não precisará se alimentar em excesso e sua mente e olhos respeitarão isso.

É importante entender que, na verdade, muitas vezes a nossa mente e os nossos olhos impulsionados pelo cansaço, tempo sem comer e fome, fazem com que coloquemos mais comida do que é necessário nos pratos. E, assim, acabamos por nos alimentar em grandes quantidades e ganhar peso excessivo.

Enquanto as gorduras presentes nos alimentos processados, são apenas gorduras sem função nutricional. As gorduras alimentares encontradas no abacate são ricas em nutrientes e fazem um importante papel de regulação do corpo. Logo, se consumido da maneira certa, o abacate emagrece.

Portanto, para pessoas que desejam seguir uma dieta de baixas calorias, precisam introduzir o abacate em suas refeições. Por ser rico em nutrientes fundamentais, ele é responsável pela regulação do colesterol bom no corpo. Mesmo fazendo ações para emagrecer o seu corpo deve estar saudável para ser efetivo.

As vitaminas presentes no alimento

Quem opta pelo abacate para emagrecer não está somente se preocupando em perder peso, mas está também garantindo maior qualidade em sua alimentação e cuidando de sua saúde. É um ótimo alimento para o intervalo entre refeições e, além disso, o abacate tem cerca 20 minerais e vitaminas.

A fruta é composta por cobre, zinco, ferro, magnésio, fósforo, manganês e rica em potássio. Além disso, também tem as vitaminas A, K, E, C, B1, B2, B3, B5 e B6.

Recomendados para você